.posts recentes

. GREVE PREJUDICA USUÁRIOS ...

. PRESIDENTE JAIR BOLSONARO...

. RELEMBRE: OBRAS NA ENTRAD...

. MÃE DE ALUNO DO SESI FOI ...

. Anitta dá recado a penetr...

. 20 DE JULHO - DIA DA AMIZ...

. Coimbra reduz custo dos p...

. EMPRÉSTIMO LIBERADO PELA ...

. SHOW DE LUTA LIVRE EM TAU...

. Prefeitos da Baixada Sant...

.arquivos

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

Quarta-feira, 24 de Junho de 2015

PM se manifesta sobre reabertura de investigação do caso Amarildo no Rio

amarildo-papa.jpg

Novas imagens obtidas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) podem esclarecer o que aconteceu com Amarildo de Souza, o ajudante de pedreiro que sumiu há 2 anos na comunidade da Rocinha, na capital fluminense.

 

Exibidas pelo Jornal Nacional, as imagens de uma câmera de segurança mostram viaturas do Bope, o Batalhão de Operações Especiais, circulando pela comunidade, sendo que em uma delas é possível identificar um volume similar ao de um corpo.

No vídeo, gravado no dia 14 de julho de 2013, é possível ver 6 caminhonetes do Bope andando pela comunidade à noite, após às 23 horas, 5 horas depois de o ajudante de pedreiro ser levado para a UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Rocinha.

A primeira investigação feita pelo MP-RJ concluiu que Amarildo foi torturado por duas horas dentro da UPP da Rocinha com choques elétricos, espancamento e simulação de afogamento. 

Ele foi levado para a Unidade para interrogatório sobre suposto envolvimento com traficantes.

O então comandante da UPP, Major Edson Santos, e mais 25 policiais militares foram denunciados pelos crimes de tortura, ocultação de cadáver, fraude processual e formação de quadrilha.

Apesar das diversas buscas da Polícia Civil na região, o corpo de Amarildo de Souza nunca foi encontrado.

 O caso provocou uma série de protestos contra a impunidade e a violência policial.

publicado por srgiodefreitas1965 às 02:39
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds