.posts recentes

. Reforma da Rodoviária de ...

. Polícia Militar afasta po...

. MILICIANO MORTO NA BAHIA ...

. Morre hoje aos 89 anos, o...

. LINHA DO SAMBA PARA O CAR...

. JORNAL DA TRIBUNA 2ª EDIÇ...

. Voz que liberou entrada d...

. ELENCO DE "ZORRA" DA TV G...

. POLÍCIA RECUA E ACUSADAS ...

. CONTA CAIXA

.arquivos

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Segunda-feira, 8 de Junho de 2015

MERENDAGATE NO SERGIPE: CABRINI DERRUBA PREFEITA

mySuperLamePic_896d32f2ef01bd2ed982e420cfa6bbee.jp

 

 

Uma reportagem que parou Sergipe.

Não se tem conhecimento, pelo menos em tempos recentes, de nenhum outro programa de televisão que tenha parado o Estado na já parada madrugada de qualquer dia da semana, especialmente numa segunda-feira, dia de homenagem à preguiça.

A madrugada desta segunda, 1º de junho, passa para a História de Sergipe como a da exposição pública de uma quadrilha que não tem vergonha de roubar os pobres, e não apenas dinheiro dos cofres públicos.

O jornalista Roberto Cabrini, um dos melhores repórteres investigativos da TV no mundo, comandou 4 meses de investigações que revelaram um esquema criminoso de empresários que se uniram a políticos para fraudar licitações da merenda escolar.

As investigações de Cabrini foram apresentadas no Conexão Repórter, do SBT.

Segundo o programa, o chefe da quadrilha atende pelo nome de EVERALDO DA SILVA GAMA, dono da Gama Distribuidora. Organizada, a quadrilha, ainda segundo Cabrini, tem até coordenador dos que eram chamados para fingir participação em licitações em troca de polpuda comissão: JOSÉ VALDEMIR DOS SANTOS, proprietário da Jamac.

Quem participava de licitações para "perder", levava de 5 a 10% do bolo. A corrupção chegava a superfaturar os preços em 200%.

As denúncias chegaram a Cabrini através do empresário Célio França, que também é dono de empresa fornecedora de merenda escolar.

Gravações secretas do programa mostraram como os empresários combinavam licitações, ou seja, licitações com cartas marcadas, superfaturando preços, condenando à fome milhares de crianças pobres.

Célio França, sem o conhecimento dos fraudadores, participou de reuniões gravadas pelo programa, e aparece com uma prova do crime: Édson dos Santos Silva, também dono de empresa vendedora de merenda escolar, lhe entrega R$ 10 mil em espécie, depois de lhe passar um cheque de R$ 40 mil de uma conta bancária que já estava encerrada. Para denunciar o esquema, com tudo gravado com sua autorização, Célio França participou de uma licitação de mentira.

Édson dos Santos Silva é diretor da Ceasa.

Em São Cristóvão, o pregoeiro das licitações atende pelo nome de Marcos Muniz. Segundo Célio França, era ele quem apontava a vencedora da licitação na prefeitura, a empresa que apresentaria o menor preço. Célio França disse que Marcos é da confiança da prefeita Rivanda Farias.

 

No final do programa, Roberto Cabrini conversa com Célio França, que diz que, "para ser bonzinho", pode dizer que as fraudes em licitações da merenda escolar existem "em pelo menos 30 municípios" incluindo Aracaju.

 

"Se estivesse na Assembleia Legistiva, proporia o título de Cidadão Sergipano para Roberto Cabrini", disse o suplente de deputado, jornalista e radialista Gilmar Carvalho.

Desde o final da noite de 31 de maio, o jornalista Roberto Cabrini vem tirando o sossego de prefeitos, pregoeiro e empresários que fornecem gêneros alimentícios para prefeituras e o Estado.

No governo do Estado, denúncias de fraudes em licitações da merenda escolar provocaram o afastamento da diretora do DEA - Departamento de Alimentação Escolar.

Em São Cristóvao, as denúncias levaram a prefeita Rivanda Batalha à renúncia. Antes, Rivanda demitiu o pregoeiro Marcos Muniz. Na Câmara, foi aprovada a instalação de CPI. O novo prefeito do município, que atende pelo nome de Jorge dos Santos,o Jorjão, saiu da Câmara, depois da posse, debaixo de vaias e ovos.

Embora denúncias de fraudes na merenda escolar não sejam novidades em Sergipe, o jornalista Roberto Cabrini, do SBT, fez muito mais em pouco mais de uma semana do que muita gente paga para fiscalizar o uso do dinheiro público em Sergipe.

De Gilmar Carvalho: "Fico tranquilo, porque fiz minha parte várias vezes, denunciando e citando nomes. Como também reconheço o trabalho de colegas de imprensa, da polícia e do Ministério Público Federal, que ajuizou algumas ações. Mas é inegável o que o maior cidadão sergipanos desses últimos dias atende pelo nome de Roberto Cabrini".

Roberto Cabrini destacou o município de Nossa Senhora do Socorro.

O jornalista disse que o prefeito Fábio Henrique (PDT) se recusou a recebê-lo. No município, Cabrini foi atendido pelos secretários Carlos Cunha e Henrique Matos, respectivamente, da Educação e da Comunicação.

Carlos Cunha disse que a prefeitura sempre serviu merenda de qualidade.

Com um prato na mão, mostrando a merenda que estava sendo servida, Cabrini perguntou aos alunos: "Esta é a merenda que vocês comem todos os dias". Resposta, em coro, dos alunos: "Não. Só hoje".

Um dos estudantes denunciou: "Trancaram os alunos para nós não falarmos a verdade".

O programa mostrou pagamento de propina de R$ 10 mil e reunião antes da licitação, que a prefeitura cancelou depois do primeiro Conexão Repórter.

 

publicado por srgiodefreitas1965 às 20:57
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
18
20
22
23
24
25
26
27
28
29
blogs SAPO

.subscrever feeds