.posts recentes

. Justiça nega pedido de li...

. INCÊNDIO DESTRÓI O MUSEU ...

. Usuários reclamam de muda...

. Jair Bolsonaro (PSL) é en...

. Após briga, PM é suspeito...

. "Ou a gente muda este Paí...

. ELEIÇÕES NO BRASIL

. O Tiririca do Cerrado: Se...

. ZULU: A EX-BOLETE QUE NUN...

. Dr. Bumbum e mãe são pres...

.arquivos

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

Quinta-feira, 30 de Agosto de 2018

Jair Bolsonaro (PSL) é entrevistado no Jornal Nacional

26198505710cc325e1fd12e365b9e52c.jpg

 

Jair Bolsonaro foi o segundo entrevistado na série do Jornal Nacionalcom os presidenciáveis. Diante de algumas perguntas baseadas em polêmicas declarações dele próprio, o candidato incomodou William Bonner e Renata Vasconcellos ao fazer comparações citando a privacidade dos âncoras.

Contestado por dizer que, caso fosse empregador, não pagaria a uma mulher o mesmo salário de um homem em igual função, o militar reformado citou a diferença de ganhos entre os dois apresentadores do JN.

É indiscutível que Bonner ganha muito mais do que Renata. Faltou esclarecer questões subjetivas da diferença salarial, como as funções atrás das câmeras (ele é editor-chefe; ela, editora executiva) e o tempo na bancada.

Bonner está na Globo desde 1986, e no JN há 22 anos. Renata foi da GloboNews para a Globo em 2003 e estreou no principal telejornal da emissora há menos de 4 anos. Portanto, a diferença de valores não tem a ver com o gênero.

Ao ser citada pessoalmente, Renata Vasconcellos demonstrou desconforto e fez questão de responder. “O meu salário não diz respeito a ninguém, e eu posso garantir ao senhor, como mulher, que eu jamais aceitaria ganhar um salário menor de um homem que exercesse as mesmas funções e atribuições que eu”, disse.

Bolsonaro ainda rebateu outra colocação da âncora. Ela ressaltou que, como contribuinte, ajuda a pagar o salário do deputado. “Você vive em grande parte, aqui, com recursos da União”, retrucou o presidenciável. “São bilhões que o Sistema Globo recebe de recursos da propaganda oficial do governo.”

Neste mesmo embate sobre o parlamentar defender que homens ganhem mais do que as mulheres, Jair Bolsonaro produziu humor involuntário. “Renata, você leu, viu ou ouviu isso?”, quis saber. “Eu ouvi e li”, respondeu a jornalista. “Isso foi no programa da Luciana Gimenez?”, questionou. “Sim”, confirmou a âncora. 

Não é todo dia que uma atração da RedeTV!, o Superpop, ganha destaque no horário nobre da Globo. Minutos depois de ser citada no principal telejornal da televisão brasileira, a apresentadora postou um vídeo no ‘Stories’ do Instagram. “Gente, não me deixam em paz! Jornal Nacional! Eu tô aqui quieta em Nova York. O que eu posso fazer? O povo não me esquece!”, ironizou Gimenez.

Em outro momento, houve referência direta à vida pessoal de William Bonner. Insistentemente questionado a respeito de hipotético rompimento futuro com seu candidato a Ministro da FazendaPaulo GuedesBolsonaro disse ao jornalista: “Nós, Bonner, somos (homens) separados. Até o momento da nossa separação, nós não pensamos numa mulher reserva”. 

O âncora insistiu na possibilidade de Bolsonaro “se descasar” de Guedes. “Bonner, quando nós nos casamos, eu com a minha esposa e você com a sua (Fátima Bernardes), nós juramos fidelidade eterna, e aconteceu um problema no meio do caminho, e não cabe a ninguém discutir esse assunto.” Bonner Fátima anunciaram a separação em agosto de 2016, após 26 anos de união.

Mais uma situação embaraçosa aconteceu quando o candidato do PSL foi confrontado a respeito de uma declaração de seu vice na chapa. O General Mourão levantou a possibilidade de intervenção militar em caso de caos nos poderes da RepúblicaBonner quis saber qual seria a solução que os militares iriam “impor ao Brasil, uma democracia”.

“Eu fico com Roberto Marinho, porque ele declarou no dia 7 de outubro de 1984, vou repetir aqui”, disse Bolsonaro. “O senhor vai repetir?”, indagou Bonner, incrédulo, referindo-se a um comentário do candidato feito durante sabatina na GloboNews, no dia 3 deste mês, sobre o apoio do fundador do Grupo Globo, morto em 2003, ao regime militar.

“Vou repetir: ‘Participamos da revolução democrática de 1964, identificados com os anseios nacionais de preservação das instituições democráticas, ameaçadas pela radicalização ideológica, distúrbios sociais, greves e corrupção generalizada’. Repito a pergunta aqui: ‘Roberto Marinho foi um ditador ou um democrata?’”

“Já houve editorial sobre isso, o senhor certamente está informado. Nós vamos encerrar agora por causa do tempo”, disse o apresentador, antes de pedir ao entrevistado as considerações finais em 1 minuto.

Após concluir, Bolsonaro teve a intenção de cumprimentar Bonner Renata, mas o aperto de mão não aconteceu – pelo menos aos olhos do telespectador. Bonner voltou-se à câmera para chamar o intervalo. Sua colega de bancada não foi mais mostrada naquele bloco.

publicado por srgiodefreitas1965 às 21:33
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds