.posts recentes

. Quem são os 10 mortos em ...

. PRESO EM FLAGRANTE: homem...

. Tarifa dos ônibus de Amer...

. GREVE PREJUDICA USUÁRIOS ...

. PRESIDENTE JAIR BOLSONARO...

. RELEMBRE: OBRAS NA ENTRAD...

. MÃE DE ALUNO DO SESI FOI ...

. Anitta dá recado a penetr...

. 20 DE JULHO - DIA DA AMIZ...

. Coimbra reduz custo dos p...

.arquivos

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

Terça-feira, 7 de Outubro de 2014

Empréstimo sem comprovação de renda

 

crefisa-financeira-300x183.jpg

 Entender as prioridades é o que é mais fundamental e relevante na hora de decidir sobre tomar um empréstimo 

 
Precisar de dinheiro para uma situação de emergência e não poder contar com a ajuda de amigos e parentes é mais comum do que parece. Uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) mostrou que 54% dos consumidores entrevistados chegam ao final do mês sem guardar qualquer quantia.
 
 

Como conseguir empréstimo sem comprovar renda?

 
Você está vivendo a seguinte situação: nunca se dedicou a fazer uma poupança, está passando por dificuldades financeiras, desempregado e não pode contar com ajuda de terceiros.
 
Nesta hora, tomar um empréstimo é a única ideia que você tem em mente. Mas como conseguir, se você não tem como comprovar renda?
 
Sim. É possível conseguir um empréstimo sem comprovação de renda.
 
Mas atenção! Neste tipo de operação o credor tem o risco de concessão ampliado, pois trabalha com uma margem de inadimplência. E consequentemente esses riscos são refletidos nas taxas de juros deste financiamento. Ou seja, é possível tomar um empréstimo sem comprovação de renda, mas os juros são maiores.
 
Após pesquisar e encontrar uma financeira de confiança, compareça ao local munido de seus documentos pessoais: CPF, RG e comprovante de residência. Algumas solicitam três indicações de contatos pessoais, para recomendação. Escolha muito bem essas pessoas e deixe-os de sobreaviso.
 
Algumas financeiras parcelam os valores em até 60 meses, no boleto. Por isso, não se esqueça de dedicar alguns minutos do seu tempo no cálculo das suas despesas, antes de contrair esta dívida. Reforçando que os juros para este tipo de operação são mais altos.

Anote todos os gastos e se pergunte:
 
- Quanto estou gastando?
- Quanto tenho disponível no mês?
- Devo gastar ou poupar?
 
> Inclua a família na organização do orçamento
> Separe um percentual de sua renda para gastos extras 
> Separe um percentual de sua renda para poupança ou outro investimento
 

Aprender a calcular quanto você realmente ganha no mês é fundamental para criar um orçamento doméstico e manter as finanças em dia. É muito comum nós pensarmos que ganhamos mais do que realmente entra em nossa conta. Isso acontece porque geralmente usamos como valor base para os nossos cálculos aquele valor registrado em carteira de trabalho – Isso, para aqueles que são registrados no regime CLT.
 
Contudo, sobre esse valor há uma série de débitos de taxas que precisam ser descontados na hora de calcular quanto você pode gastar no mês.
 
Os primeiros a serem considerados devem ser os descontos de Imposto de Renda.

 

Imposto de Renda
Devemos lembrar que o valor de desconto de Imposto de Renda na folha de pagamento pode haver alterações de ano em ano. Mas, para 2014 são utilizados os números abaixo:
 

Base de cálculo mensal em R$ Alíquota Parcela a deduzir do imposto
Até 1.787,77
De 1.787,78 até 2.679,29 7,5% R$ 134,08
De 2.679,30 até 3.572,43 15% R$ 335,03
De 3.572,44 até 4.463,81 22,5% R$ 602,96
Acima de 4.463,81 27,5% R$ 826,15

 

Para fazer a simulação na hora clique aqui

Em Portugal simule aqui

5279db517c3d59747035df0683608ae7.jpg

 

publicado por srgiodefreitas1965 às 20:54
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds