.posts recentes

. Globo vai reprisar primei...

. DEPOIS DO VENDAVAL MÉDIUM...

. Prefeitura de Anápolis ma...

. O caso do médium João de ...

. POLÍCIA DE GOIÁS PROCURA ...

. Terminal Rodoviário Guaru...

. IPTU DE SANTOS TERÁ REAJU...

. OBRAS NA ENTRADA DE SANTO...

. DENTISTA DA PERUCA PRESO ...

. GREVE DE ÔNIBUS DEIXA PER...

.arquivos

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

Quarta-feira, 29 de Novembro de 2017

MUITOS BURACOS E POUCA ATENÇÃO EM SÃO VICENTE

 

23559620_515358975497206_5763682507275624303_n.jpg

Ruas esburacadas, mato, lixo, bueiros entupidos e esgoto a céu aberto. Durante a alta da maré ou chuvas intensas a maioria das ruas ficam alagadas. Entrar ou sair de casa é praticamente impossível. Na calçada daquele que já foi um dos maiores hipódromos do Brasil, o rastro do que vivenciam todos os dias as pessoas que andam pelo Jóquei Clube, em São Vicente. No terceiro bairro com o maior número de população do município – mais de 27,5 mil moradores de acordo com o Censo de 2010 – a palavra abandono ­resume a ­situação.

“Há mais de 1 ano que venho pedindo para a Prefeitura que dê um jeito nas ruas dos bairros, mas não fizeram nada. Não há condições de andar de veículo e, quando chove, não dá para sair de casa. As galerias estão todas entupidas. Os bueiros fechados. Para dar uma amenizada, os próprios moradores limpam o que podem”, disse Ana Aparecida Santos, de 55 anos, segurando mais de 200 documentos protocolados na Câmara e em secretarias municipais. Os pedidos vão desde limpeza de galeria e retirada de lixo até manutenção de calçadas, ruas e avenidas. 

O comerciante José Vicente Fontes, que há 34 anos mora no bairro e há 22 mantém um bar, ainda tem esperança de algo melhore com o novo governo a partir de 2018, mas já pensa em deixar o local caso a situação continue a mesma. Nas últimas 2 cheias acumulou um prejuízo de mais de R$ 2 mil e muita dor de cabeça. 

“Minha mulher já pensou em sair daqui. Estou de teimoso porque aqui é o meu ganha pão. Meu bar tinha um movimento excelente e foi reduzido em cinquenta por cento. Depois da última cheia, no domingo quando não choveu, vim abrir o bar e quando liguei os freezers estavam todos queimados. Fiquei 3 dias sem poder abrir o meu comércio”, disse Vicente, que precisou levantar o piso para tentar impedir que a água estrague os móveis e ­produtos. 

Morador do bairro há 34 anos e com comércio há 22, Vicente diz que cansou de falar com a Prefeitura. “A situação piorou muito e falar com a prefeitura não adianta. Até já veio gente da Codesavi, mas eles disseram que iam voltar e nunca mais voltaram. O bairro todo está assim. Estamos convivendo há 6 meses com água de esgoto. Espero que a partir do ano que vem melhore, porque se não melhorar vou ter que ir embora”, destacou Vicente.

 

publicado por srgiodefreitas1965 às 19:15
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds