.posts recentes

. CANTORA DO THE CRANBERRIE...

. Silvio Santos se irrita e...

. ACIDENTES DE RACHA MOBILI...

. Povo que recebe salário m...

. Melissa Benoist prova que...

. TARIFA DE ÔNIBUS EM SANTO...

. JUSTIÇA BARRA AUMENTO DA ...

. Tarifa de ônibus será rea...

. Câmara de Balneário Cambo...

. SELETIVO SANTOS: TARIFA P...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

Quinta-feira, 28 de Abril de 2016

DILMA LIMPA AS GAVETAS E CAI FORA DO GOVERNO

1611912.jpeg

 

A presidente Dilma Rousseff admite que seu afastamento temporário do cargo é "inevitável" e traçou uma estratégia para se "despedir de seu mandato" e que o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) tenha um início de governo "tranquilo".

Dilma pretende tirar da gaveta o máximo de tralhas possíveis e lançá-las em uma espécie de pacote de medidas depois da votação do impeachment no Senado, que deve resultar em seu afastamento temporário.

O plenário do Senado deve votar a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff –e, desse modo, seu afastamento temporário do cargo– no dia 11 de maio de 2016.

Com risco de derrota, a presidente Dilma Rousseff reuniu 10 jornalistas para dizer que, se ganhasse a votação do impeachment, seu "primeiro ato" era fazer uma proposta de "pacto e diálogo" sem "vencidos nem vencedores".

Na entrevista, a petista falou em alguns momentos como se o impeachment pudesse ser aprovado e disse, ao ser questionada se poderia participar de um pacto em caso de derrota, que, "se eu perder, estou fora do baralho".

 

 

 

 

publicado por srgiodefreitas1965 às 21:08
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds